HOME > ARTIGOS

Recarregue suas baterias com RIBOSE

Nem sempre dá para obter o seu melhor desempenho durante as atividades físicas. Em um dia você está cheio de disposição e no outro cheio de cansaço. Quem malha freqüentemente sabe que num dia você pode fazer sua série com cargas super pesadas e no outro dia você se sente fraco e cansado e não consegue levantar os mesmos pesos. O que acontece é que faltou energia para você.

Para você ter a melhor performance nos esportes você deve ter um suprimento de energia disponível e pronto para ser utilizado pelo organismo. Os esportistas que treinam ou competem sem que o corpo esteja 100% restabelecido de energia nunca conseguem ter o mesmo rendimento.

Da mesma forma, na malhação com pesos, o ganho de massa muscular e de força acontece durante a fase de recuperação, depois dos treinos. A musculação é o estímulo necessário para o aumento da massa muscular, mas na verdade o ganho de tecido muscular acontece depois dos treinos.

Se você malha de forma intensa, mas não repõe suas reservas de energia, dificilmente vai crescer. Muito pelo contrário, você pode até perder massa muscular e entrar em estado de overtraining.

Treinos intensos requerem um enorme suprimento de energia para as células. Essa energia é indispensável para aumentar seu rendimento nos treinos, bem como para acelerar sua recuperação pós-treino.

Mas por que isso acontece?

A molécula mais importante relacionada à produção de energia é denominada ATP (Adenosina Trifosfato). A principal fonte de energia utilizada pelo corpo é o ATP. Todas as fontes de energia provenientes dos alimentos, tais como carboidratos, gorduras e proteínas são no fim convertidas em ATP. Todas as células do seu corpo armazenam e utilizam energia através do ATP.

Todo movimento realizado pelo corpo (seja uma corrida de 100m ou uma série de supino), toda reação química que acontece no seu organismo, tais como digestão, metabolismo, síntese de proteínas, produção de hormônios é alimentada pelo ATP.

O corpo precisa manter a produção de ATP nos níveis mais altos para a máxima produção de energia. Essa energia concentrada vai ser fundamental para levantar cargas mais pesadas na musculação e também melhorar sua performance em esportes e atividades de resistência (endurance).

Atividades Físicas consomem seu estoque de ATP

Pesquisas recentes comprovaram que o suprimento de moléculas de ATP é bastante reduzido durante atividades físicas. Pesquisas têm mostrado que a diminuição nos níveis de ATP pode ser de quase 40% depois de períodos de exercícios intensos.

Isso se torna um fator limitador da performance, bem como traz como conseqüência o aumento do tempo necessário para a completa recuperação física após os exercícios, que pode ser de 3 dias, ou mais, de descanso. Enquanto seus estoques de ATP não tiverem sido restabelecidos seu rendimento não será o mesmo.

Recentes estudos mostraram que a suplementação com ribose acelera drasticamente a reposição de ATP no organismo.

A ribose é uma substância naturalmente produzida e utilizada pelo corpo humano. Se não há ribose suficiente no seu organismo ele tem que esperar até que seja produzida uma quantidade suficiente de ribose para, então, começar a formar suas reservas de ATP. Como visto, isso pode durar muitos dias.

O consumo de ribose como suplemento aumenta de forma surpreendente a capacidade do seu corpo de restabelecer as reservas de ATP mais rápido e mais eficientemente, para uma melhor recuperação, performance física e crescimento muscular.

Com o consumo de ribose você vai manter suas reservas de ATP sempre abastecidas, o que proporcionará melhores ganhos de massa muscular e um aumento da força de contração nos treinos com pesos.

Já nos esportes e atividades de endurance a ribose fornece a energia necessária para a máxima performance, retardando a fadiga, e ainda repõe as reservas de energia mais rapidamente no pós-treino.

Pesquisas comprovam os efeitos da RIBOSE:

A história da ribose começou há alguns anos. Em 1983, o pesquisador H.G. Zimmer fez algumas pesquisas com a ribose e descobriu que 24 horas após o consumo da ribose os níveis de ATP aumentaram de forma acentuada. No ano seguinte, o mesmo pesquisador descobriu que a administração de ribose levou à restauração dos níveis de ATP em 12 horas. Já aqueles que não receberam ribose levaram 72 horas para normalizar os níveis de ATP.

Em 1987, resultados obtidos pelo pesquisados John St. Cyr confirmaram os resultados obtidos anteriormente.

M. E. Cheetham desenvolveu pesquisas em seres humanos e descobriu que os níveis de ATP diminuíam muito após atividades físicas. O mesmo foi confirmado por N. McCarthy que, depois de submeter voluntários a 4 sessões de 30 segundos de exercícios na bicicleta a 100 rpm com 4 minutos de intervalos de descanso entre as sessões, observou que os níveis de ATP reduziram acentuadamente.

Em 1993, o pesquisador Y. Hellsten-Westing relatou que exercícios feitos periodicamente causam a redução dos níveis de ATP nos tecidos.

Pesquisas recentes mostram o papel da suplementação com ribose e cada dia mais fisiculturistas, esportistas e atletas em geral se beneficiam desse produto espetacular.


Voltar